domingo, 26 de outubro de 2014

Terapia

Minhas mãos entranham em teus cabelos
puxam com vontade, e teu corpo arrepia
se abre, e desliza entre pelos e apelos
suados, impacientes, desconexa harmonia.

Minha língua entranha em tua boca
lambe com vontade, suga em demasia
saliva, viaja no teu céu feito louca
molhados, impacientes, silenciosa euforia.

Teus olhos entranham em minha mente
queimam com vontade, ardem em sintonia
hipnotizados, impacientes, obediente orgia.

Meu sexo (entra)nha em tuas coxas
penetra com vontade, gemes, se delicia
lambuzados, impacientes, orquestrada sinfonia.

(Rafael Jr)
Postar um comentário