segunda-feira, 29 de maio de 2017

Amores

Meu irmão foi um homem de poucos amores, mas amou intensamente cada um que fez parte de sua vida! Posso afirmar isso por termos dividido tantas confidências, tantas noites de longos papos, cervejinhas e muita música. Tinha vontade de dizer a cada um o quanto foram importantes na vida dele, mas sei que os poemas dele, os papos, risadas, beijos e abraços se encarregaram disso. Senti uma vontade grande de dizer isso, a cada um de vocês, em especial ao querido Claudio Bote, meu abraço bemmm apertado!!!

Acho que meu irmão ia gostar dessa música, tinha um gosto especial e diversificado.
Renata
Postar um comentário